' tickercontent[1]='18:06 - Polícia dos EUA prende ‘Coringa’ que ameaçava atacar seu local de trabalho' tickercontent[2]='15:16 - Em bilhete, suspeito de matar mulher diz que traição motivaria ‘tragédia’' tickercontent[3]='16:53 - CJ Tronic em Breve com Filial em Timon' tickercontent[4]='09:42 - HOJE: estréia da quinta de dentro' tickercontent[5]='08:45 - Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 33 milhões'
Plantão Hoje:

Casa dos Blocos tradicionais de São Luís será inaugurada

blocos_tradicionais

O processo de transformação dos Blocos tradicionais em patrimônio cultural imaterial brasileiro está a todo o vapor. Após uma semana inteira dedicada a esta manifestação popular do carnaval maranhense, com direito a exposição fotográfica e de indumentárias, seminário e apresentações dos grupos, a Fundação Municipal de Cultura agora dá mais um passo para a continuidade deste grande projeto. Hoje, às 14h, será inaugurada a Casa do Bloco Tradicional, que vai abrigar toda a equipe de pesquisadores responsável pelo Inventário Nacional de Referências Culturais dos Blocos Tradicionais, bem como o material coletado durante a pesquisa.

A Casa do Bloco Tradicional funcionará na rua Isaac Martins, no Centro, próximo à sede da FUNC, na Fonte do Ribeirão. Segundo a coordenadora do INRC, Maria Michol, há uma equipe de 12 pesquisadores, todos com formação específica na área de Ciências Sociais, e que a partir da próxima semana dará início à pesquisa de campo sobre os blocos tradicionais. Por isso, a Casa do Bloco Tradicional funcionará como um ponto de referência, onde, além das pesquisas, serão realizadas reuniões, seminários, atendimento aos blocos e à comunidade. “Será uma sede onde guardaremos todo o material arrecadado durante a pesquisa, incluindo aí entrevistas, CDs, DVDs, livros, folders, monografias, teses, dissertações e fotografia. Todo o material documental sobre os blocos ficará lá. Além disso, será um local que servirá para realizarmos outros eventos relacionados ao assunto, como exposições, seminários e reuniões”, explica Michol.

Também na hoje será encerrada a exposição Vai Querer, Vai Querer? Blocos Tradicionais do Maranhão. A mostra ocupa a Galeria Zaque Pedro, localizada no Solar Nazeu Quadros (Rua do Ribeirão – Centro), desde o último dia 18, com fantasias, instrumentos e adereços dos blocos que desfilaram na avenida durante o carnaval, além de fotografias de Edgar Rocha retratando toda a beleza desta brincadeira.

Fonte:
Inara Rodrigues / O Imparcial

Sobre o autor

Luana Santana escreveu 2268 notícias.

Telefone: (86) 9945-4256 Email: luanasantana@live.com

2 Comentário

  • 16.10.2009 11:05, neto disse:

    isso e muita pra nossa pra nossa cultara ludovivense que vira patrimonio imaterial e cultural,participio do bloco tradicional os feras mais saio em bloco desde de 1 ano de idade e a minha familia e umas da pioneiras em bloco

    • 11.05.2010 17:09, wesley disse:

      isso é muito bom pros blocos no meu ponto de vista elis são esquesidos durante a ano todo tinha que divugar mais a brincadeira ñ saio em nei um mais gosto muito de ver é muito lindo

      (Obrigatório)
      (Obrigatório, Não será publicado)