' tickercontent[1]='18:06 - Polícia dos EUA prende ‘Coringa’ que ameaçava atacar seu local de trabalho' tickercontent[2]='15:16 - Em bilhete, suspeito de matar mulher diz que traição motivaria ‘tragédia’' tickercontent[3]='16:53 - CJ Tronic em Breve com Filial em Timon' tickercontent[4]='09:42 - HOJE: estréia da quinta de dentro' tickercontent[5]='08:45 - Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 33 milhões'
Plantão Hoje:

Notícias Relacionadas à ‘Raimundo Garrone’

É o fim da buraqueira – Max Barros distribui mais de 4 milhões para melhoria das ruas de Timon

Do Blog do Garrone

Pavimentando 2010: Max distribui R$ 97 milhões em convênios

O mês de dezembro também foi um mês de muita alegria na Secretaria de Infra-estrutura. O secretário Max Barros distribuiu 97 milhões de reais entre prefeituras amigas para pavimentar vias urbanas e a reeleição sua e de Roseana Sarney, agora em 2010.

As obras têm prazo previsto de 180 dias, o que garante inaugurações durante todo o mês de junho, às portas das eleições.

Barros não perdeu tempo e soltou tinta. Teve prefeitura que saiu com mais de dois convênios, assinados no mesmo dia, como também houve aquelas melhor aquinhoadas devido à adesão aos Leões sarneysista.
Foram os casos, por exemplo, de Bacabal e Coroatá, onde os prefeitos Lisboa e Amovelar, vão pavimentar na faixa dos milhões.

Há também casos curiosos, onde os valores dos convênios são iguais até nos centavos, mas com objetos diferentes.

Formosa da Serra Negra, Mata Roma e Anapurus, por exemplo, assinaram convênios de R$ 631.578,95. A primeira para pavimentação asfáltica, a segunda para construção de passeio público com blocos sextavados; e a terceira para pavimentação poliédrica de vias urbanas.

A generosidade do secretário é tanta que a contrapartida das prefeituras será de 5%, e não os tradicionais 10%.

Esses R$ 97 milhões levantados pelo blog referem-se apenas a obras em sede de município através de convênios assinados no mês de dezembro.

Há quem calcule que incluídas a recuperação de estradas e outros convênios anteriores a dezembro, Max já tenha distribuído mais de R$ 500 milhões.

Grifo Nosso: Segundo matéria do jornalista Raimundo Garrone, do JP Online, a prefeitura de Timon ficou atrás somente de Coelho Neto e São José de Ribamar no repasse de convênios, com o total de R$ 4.200.000,00 para Pavimentação de vias urbanas em paralelepípedos e R$ 420.000,00 para Pavimentação de vias urbanas.

Como analisou o jornalista Garrone as obras estarão “coincidentemente” prontas às vésperas do início do período eleitoral, onde as inaugurações são proibidas por lei.

Agora, com pouco mais de 4 milhões nos cofres da prefeitura para calçamentos, o papel do povo é cobrar, não ficar omisso.

Ou então timonenses, curtam bastante as chuvas, buracos e afins, que em breve uma capinha de asfalto ou as pedrinhas de pronúncia complicada, paralelepípedos, estarão fazendo temporariamente parte da tábua de pirulitos que hoje é Timon.


MP deseja cassar governo Roseana

Segundo o senador Epitáfio Cafeteira, no tempo que ele ainda tinha juízo, o (des)governo Roseana Sarney começa quando ligamos a televisão e termina quando a desligamos. Com base nessa sábia frase do senador Cafeteira, o Ministério Público entende que a propaganda do governo do estado, único meio de olharmos as obras por ele executadas, é ilegal.

O Ministério Público entrou com ação na Justiça para que seja retirada imediatamente do ar a propaganda do governo Roseana Sarney. O MP entende que a campanha que é veiculada na TV é exclusivamente para promover pessoalmente a governadora Roseana Sarney, informa o blog do jornalista Raimundo Garrone.

A Ação Civil Pública, com pedido de tutela antecipada, foi dada entrada terça-feira e é assinada pelos promotores de defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, João Leonardo Sousa Pires Leal e Marcos Valentim Pinheiro Paixão.

Será a morte antecipada, a literal cassação do des(governo), caso sua propaganda saia do ar. Não vemos nada de concreto além das câmeras nas ruas, nas estradas, nos mares e nos portos.

A violência diminuiu realmente, agora é só o bandido coçar o nariz que passam bala nele. Os jornais de ontem, 11 de novembro, estamparam a foto dos três assaltantes assassinados pelos policiais, todos os três com os olhos entreabertos e costurados de cabo a rabo, literalmente. Engraçado é que em algumas viaturas andam somente dois policiais, tipo Batman e Robin. Acredito que o sinal de luz para chamar os super-heróis é aquele que fica apontando para o céu toda noite, na porta da Boate Mucuripe, Curva do Noventa, Vinhais.

Eu mesmo adoraria morar na propaganda de Roseana Sarney, a Terra do Nunca do Upaon Açu. Nela todos são felizes, até a refinaria que leva uma década só para elaborar o projeto, na propaganda será executada em poucos meses. Ganharemos, também, uma base naval, que será implantada em São Luís com vários navios, aviões e helicópteros. Só aeronaves serão 42, segundo afirma o blogueiro da Mirante, Décio Sá. Já estou até vendo, caças e helicópteros disputando o céu azul anil da Ilha de São Luís, espremidinhos, sem espaço para dar um piruete sequer.

Cheguei a pensar que nas próximas eleições para o governo do Estado seria uma briga do Davi contra o Golias Midiático, das tevês, internet e jornais. Mas parece que o Ministério Público tomará o pirulito das mãos de Roseana bem antes do que ela imaginava. O maranhense terá de julgar com base nas ações e não nas propagandas que somente ufanam o (des)governo Roseana Sarney. Uma coisa é certa, vai ter choro e faniquito novamente no Palácio dos Leões. Ou voltarão as propagandas ou Rose prende a respiração e bate a cabeça na parede, até o pai, presidente do Senado, ordenar a volta das propagandas.


Governo do Estado paga R$ 68 mil por lanche no Hemomar

lancheA Secretaria Estadual de Saúde resolveu dar um tratamento de ouro aos doadores de sangue ao Hemomar, e contratou a empresa Congello’s Congelados e Embutidos do Maranhão Ltda para fornecer lanches por sessenta dias aos doadores, ao singelo preço R$ 68.750,00.

Levando-se em conta os sessenta dias, e não dois meses, o que nos levaria a subtrair os sábados, domingos e feriados, o governo está pagando R$ 1.145.83 por dia somente em lanche.

O problema é que segundo o serviço social do hemocentro, a média de doadores/dia é de 120 pessoas, e que após a doação recebem um copo de suco e um sanduíche misto (queijo e presunto), ou em alguns casos, um caldo de ovos.

Pelos números, cada merenda sai por R$ 9,50; enquanto que em qualquer lanchonete da cidade, sai em média por R$ 5,00.

O contrato com a empresa de congelados, veja bem, congelados e embutidos, foi feito sem licitação.

É realmente um lanche de tirar o sangue!

Fonte: Blog do Raimundo Garrone


(des)Governo Roseana Sarney – Portal da Transparência mente sobre repasses às Prefeituras

portal-da-transparenciablac
A transparência do governo Roseana Sarney não poderia ser diferente e servir apenas de objeto de propaganda, quando se descobre que muitas das informações contidas no festejado Portal da Transparência não são verdadeiras.

A mais escandalosa acontece no item “Transferência a Municípios”, onde quem acessa é exposto aos números que foram repassados aos 217 municípios maranhenses, e encontra como forma de repasse os convênios assinados pelo governo Jackson Lago, que foram seqüestrados logo após a posse de Roseana Sarney.

São Luís, por exemplo, segundo o portal, recebeu RS 73,5 milhões. O leitor encontra até as notas de empenho, com a 2009NE00432, referente a R$ 44,1 milhões para a construção de dois viadutos e dois túneis na cidade de São Luís.O prefeito João Castelo ainda conseguiu manter esses recursos sub judice diante da fúria de Roseana em seqüestrar os recursos das prefeituras conveniadas.

Todas as prefeituras que tiveram recursos seqüestrados estão no portal como se estivessem com esse dinheiro em caixa, já que o portal não esclarece a situação e complica a situação do gestor público, pois a população enganada pelo portal pode começar a cobrar a efetivação das obras objetos dos convênios.

Equívocos como esses colocam em xeque toda a possível credibilidade do portal, e revela um governo de aparências.

Fonte: JP Online – Blog do Garrone


Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço é de responsabilidade civil e penal exclusiva do blogueiro ou de quem utilizou sua senha pessoal para postar as informações. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial da empresa.